Em meio a estagnação econômica pelo novo coronavírus, obras de infraestrutura impulsionam a criação de empregos em construtoras segundos dados da United HR

24 de março de 2021

A relação entre investimentos em infraestrutura e empregos é total, acredita o presidente da UNITED HR, Márcio Miranda. Para o executivo, a retomada de investimentos no Brasil tem potencial para gerar um novo ciclo de expansão econômica, e retomar a geração de empregos.

O Consórcio Infraestrutura Brasil assumiu a operação de 1.273 Km de estradas, com investimento de R$14 bilhões, em contrato gerando 7000 empregos. 

Com a assinatura do contrato, a nova concessionária assume este mês de junho os 1.273 Km, maior malha rodoviária já licitada no Brasil, por um período de 30 anos. A extensão abrange 12 rodovias, passando por 62 municípios do estado. Parte da Km (1.055) estava sob a responsabilidade do DER. Do total de investimentos previstos ao longo do período contratual, cerca de R$1,5 bilhão serão aportados já nos dois primeiros anos da concessão.

O Hospital Universitário de Londrina PR está investindo R$5 milhões para equipar 120 leitos, no combate ao coronavírus. 

O Pátio Limeira Shopping divulgou que investirá R$80 milhões em uma ampliação de sua estrutura, em um terreno de 10,3 mil metros quadrados. Conclusão prevista para 2021, gerando 700 empregos diretos e 2 mil indiretos.

O Grupo Muffato anunciou a construção de sua quarta unidade em Rio Preto SP, que tem como investimento R$45 milhões. O empreendimento da rede de supermercados e hipermercados deverá gerar 420 novos empregos.

O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União um investimento de R$ 3,2 milhões para habilitar 179 leitos em Hospitais de Pequeno Porte. Essas unidades estão preparadas e equipadas para receber pacientes que precisam fazer tratamentos diversos, que não estão relacionados ao coronavírus. O objetivo é que os hospitais de referência e maior porte concentrem as internações dos pacientes graves ou gravíssimos do coronavírus.

Com um investimento de R$40 milhões, o Condor Super Center abre a sua terceira loja em Joinville SC. Em uma área total de 10.900 m² sendo 3.200 m² de área de vendas, o novo hipermercado vai gerar 270 empregos e transforma o Condor na maior rede abastecedora da cidade.

O Governo da BA está investindo cerca de R$500 milhões em mais de 200 obras de construção, ampliação, reforma, manutenção e convênios na área da saúde. Somente em intervenções voltadas para a abertura de novos leitos em unidades de coronavírus (Covid-19), o montante supera os R$ 41 milhões. A pasta tem aproximadamente 40 convênios com os municípios e cerca de 110 obras de diferentes portes e complexidades estão em curso.

O Grupo Muffato inaugurará sua nova unidade do Max Atacadista em Catanduva SP. O empreendimento gerará 300 empregos na cidade, dos quais 200 diretos. Entre as inovações que a empresa leva a Catanduva está o lançamento do aplicativo do Max Atacadista, que inclui funcionalidades como encartes e vídeos de ofertas,  acesso ao cartão Crediffato e ofertas para WhatsApp.

A rede de supermercados Pague Menos já iniciou a operação de seu novo Centro de Distribuição, localizado em Santa Bárbara d’Oeste SP. Com 200 mil m² de área total, recebeu R$ 150 milhões em investimentos. De acordo com a varejista, a nova planta permitirá atender todas as lojas atuais e ainda garantirá o plano de expansão para os próximos anos.

A proprietária do Frigorífico Gold Carnes, Leonice Oliveira, informou que irá investir R$ 56 milhões na construção de uma unidade de abate, com previsão inicial de 500 suínos e 500 bovinos. A capacidade, porém, será de abater mil suínos e 2000 bovinos.

O Governo do Estado do MS planeja construir um polo industrial e empresarial no município de Jaraguari. O espaço terá 99 hectares separados em 20 quadras.

O Fort Atacadista , bandeira de atacarejo do Grupo Pereira, inaugou sua 40ª loja, localizada em São Bento do Sul SC. A nova unidade tem 3.400 m² de área de vendas, cerca de 8000 itens no sortimento, 20 checkouts – dos quais 4 de autoatendimento – e estacionamento com 270 vagas.

Uma das maiores empresas de Salvador do Sul, a Mega Embalagens, ampliou sua linha de produção, Além da ampliação física, a empresa salvadorense adquiriu novos equipamentos de tecnologia nacional e internacional. A Mega trabalha com produtos destinados aos segmentos de Pet Food, Personal Care, Alimentício, Agronegócios e Industrial, tanto no mercado interno, quanto no externo. 

O Governo do Estado do MA está ampliando o número de leitos para Covid-19 na macrorregião de Santa Inês. Serão instalados 22 leitos clínicos e 16 leitos de UTI.

A FCA, em parceria com a Comau, investiu R$3,5 milhões para instalar a fábrica de máscaras cirúrgicas com capacidade de produzir até 1,5 milhão unidades por mês em Betim MG.

A Rumo assinou um segundo termo aditivo de concessão que dá à Malha Paulista o direito de prorrogar o prazo de vigência do seu contrato. Os investimentos são de R$ 6,1 bilhões neste mesmo período. 

A Prefeitura de Arapongas, PR investirá R$ 3,4 milhões em pavimentação de vias e em espaços de esporte.

A Braskem informou  o investimentos previsto para 2020 de US$ 600 milhões, como parte de uma série de medidas para preservar seu caixa em meio à pandemia do novo coronavírus (covid-19).

O Governo do Estado do AM investirá R$ 184,7 milhões no município de Parintins neste ano. Entre as obras estão a recuperação de 30 km de ruas e avenidas, a recuperação do aterro sanitário e a manutenção do Aeroporto Júlio Belém.

O Governo do Estado do MT pretende ampliar o número de leitos no Hospital Regional de Sinop. O objetivo é ampliar entre 10 a 19 o número de leitos para atendimento do coronavírus.

O Município de Santa Bárbara d’Oeste (SP) investiu R$53,4 milhões em Saúde durante o primeiro quadrimestre de 2020. O investimento é cerca de 15% superior ao mesmo período de 2019 e tem como objetivo transformar a área da Saúde, com obras, ações e programas. Destacam-se no período a reforma e ampliação do PS “Dr. Afonso Ramos” e a reorganização da Saúde para o enfrentamento do Coronavírus.

A saída para o Brasil romper o ciclo de estagnação econômica, e voltar a gerar empregos passa por investimentos em infraestrutura dos setores públicos e privados. A United HR tem projeção de que novos empregos serão gerados no longo ano de 2020.

. . .

Compartilhe:

Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhar

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email