Pesquisa aponta que empresas buscam líderes adaptados à transformação digital e inovações

03 de Novembro de 2020, por: Márcio Miranda.

As empresas têm novas demandas provocadas pela velocidade que a tecnologia impõe e seus gestores têm de estar preparados para essas transformações. Portanto, devem desenvolver uma liderança ágil e entender que áreas como recursos humanos e logística, por exemplo, não podem prescindir do conhecimento tecnológico.

Liderar pessoas promovem mudanças importantes para uma empresa e para sociedade. No ambiente de trabalho, a liderança é uma capacidade necessária pois é ela que garante a união das equipes, focadas e motivadas com foco nos objetivos traçados.

É necessário persistência, empenho e disciplina para se tornar um líder. É somente através da constância e da motivação em crescer e da superação que surge a liderança.

Seis em cada dez selecionadores que comandam a contratação nas maiores empresas do mundo consideram que o grau de inovação e liderança dos candidatos é muito importante. A conclusão está em uma pesquisa da United HR (Consultoria de executive search e outplacement), realizada com 1000 executivos – responsáveis pela contratação de cargos de liderança. Quando a pesquisa questionou a opinião deles sobre este tema, 55% responderam que o grau de inovação e liderança dos candidatos é “baixo” e outros 7% responderam “muito baixo”; 36% afirmaram “nem alto, nem baixo” e apenas 2% classificaram como “alto”.

Márcio Miranda, CEO Latam da United HR (consultoria de coach para executivos e outplacement), afirma que não espera-se que o líder tenha conhecimentos técnicos, mas sim que saiba reconhecer quais são as soluções que vão transformar o negócio dele e que consigam fazer uma análise crítica disso. Deve-se estar muito próximo das tecnologias para saber o que vai trazer mais eficiência, velocidade e não tem mais a possibilidade de deixar esse assunto para o profissional de TI.

Confira nos próximos tópicos as principais habilidades do líder inovador procurado pelas empresas:

1 – Entusiasmo.
Inspirar pessoas e encorajar os colaboradores da companhia. O líder deve ser aquele que desperte interesse sobre algo as pessoas que fazem parte do seu time e está sempre à frente impulsionando continuamente quem está sendo guiado a melhorar seu desempenho. É papel de quem lidera estimular, o modelo a ser seguido pelo time.

2 – Liderar considerando inovações
As mudanças no meio dos executivos acontecem de forma rápida, assim sendo é importante manter a atenção as modificações que promovem transformações positivas para o meio corporativo. Ademais, é importante que a liderança reúna também novidades no seu modelo de liderar.

3 – Visionário
É indispensável para uma liderança que os objetivos sejam tangíveis. Ser visionário não é ser fantasioso. Estabeleça resultados alcançáveis, determine metas e objetivos que podem ser atingidos realmente.

4 – Contratação de pessoas ágeis, capacitadas e hábeis
Informações são fundamentais, para líderes e liderados. A contratação de pessoas que tenham  aptidões, capacidades e habilidades exclusivas é indispensável, além de possuírem a o desejo de realizar todas as atividades com alta qualidade. A valorização dos colaboradores com conhecimento que fazem da empresa, estimular a equipe a estudar e aprender para trazer inovações é imprescindível.

Seguindo as premissas do Coaching, um líder deve estar alinhado com seus liderados, pois líderes de sucesso são aqueles que alcançam resultados espetaculares através da formação e desenvolvimento de novos líderes.

“Um processo de treinamento de coaching pode ajudar a desenvolver características eficazes de liderança, e alcançar objetivos na sua carreira. Existem técnicas e ferramentas de aperfeiçoamento e capacitação para se tornar um verdadeiro leader coach de sucesso” afirma Márcio Miranda.

Leave a Reply

Your email address will not be published.