United HR contrata Mauricio Oliveira para posição de gestão na UnitedHealth Group

Por Terra.

Márcia Pillat, CEO North America da United HR, afirma que os investimentos na área de saúde aumentaram a contratação de executivos. A UnitedHealth Group que atua neste segmento contratou Mauricio Oliveira para a posição de gestor Sr. de Infra de TI. “O trabalho da Márcia Pillat CEO United HR e os demais profissionais foram fundamentais no processo de transição e evolução de minha carreira sob todas as perspectivas”, afirma Mauricio Oliveira.

Márcia Pillat, CEO North America da United HR, afirma que os investimentos na área de saúde aumentaram a contratação de executivos.

“Deixei uma posição de liderança em uma das maiores instituições de Ensino e Educação, para assumir um enorme desafio na maior instituição de saúde e bem-estar do
mundo, uma posição de liderança sênior em uma multinacional com mais de 305 mil colaboradores, presente em 130 países, com investimentos superiores a U$3.5 bilhões
em tecnologia e inovação, a sexta maior empresa dos Estados Unidos de acordo com o ranking da Fortune 500” declara o executivo recolocado pela United HR.

Anteriormente a esta posição o executivo atuou em empresas de diferentes setores como Kroton, Consigás e Elis.

O Setor de Saúde Humana movimenta R$ 161,9 bilhões. O mercado de produtos e serviços de saúde e bem-estar está cada vez mais promissor. Esse segmento cresceu 17% em 2018 em relação ao ano anterior, de acordo com pesquisa divulgada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising). Segundo o estudo, a ascensão se deve a alta procura por produtos e serviços nessa área.

Conforme Marcia Pillat, CEO UnitedHR, seja pelo aumento da busca por qualidade de vida ou pelo envelhecimento da população, o comportamento dos
consumidores está mudando, e as atividades ligadas aos segmentos de saúde e bem-estar, estão gerando ótimas oportunidades de negócios. O setor desponta com
grande destaque, representando em média 7% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, com uma movimentação de R$ 300 bilhões por ano.

Empresas de produtos e serviços voltadas ao bem-estar também comemoram o crescimento e o faturamento, como a Casa do Médico, tradicional rede de produtos de saúde que teve faturamento milionário no último ano (Fonte:Lafis).

De acordo com pesquisa encomendada pela Federação dos Hospitais do Estado de São Paulo (Fehoesp), o setor de Saúde Humana movimenta R$ 161,9 bilhões, e teve aumento de 47% no faturamento nos últimos 4 anos.

Esse mercado possui 184 mil empresas (cresceu cerca de 10% nos últimos 4 anos), sendo que aproximadamente 95% são formadas por startups e Fintechs, e emprega 2 milhões de profissionais, segundo Márcia Pillat.

A Be Life construirá fábrica de instrumentos e materiais hospitalares em Lauro de Freitas (BA). Entre os itens estão lençóis e aventais hospitalares, fraldas geriátricas e compressas de gaze cirúrgica estéril e não estéril em geral, com capacidade produtiva de 73,9 milhões de unidades por ano. O investimento milionário e estima-se a
geração de centenas de empregos com a nova fábrica (Fonte: Lafis).

Três hospitais universitários do Rio Grande do Sul vão receber R$ 6,179 milhões de repasses do Ministério da Saúde. Os valores são diferenciados para cada instituição e o aporte faz parte do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (REHUF) com o objetivo de reforçar o orçamento das universidades mantenedoras de serviços de saúde, e assim, estimular a oferta de ensino, pesquisa e atendimento de qualidade (Fonte: Lafis).

Leave a Reply

Your email address will not be published.